terça-feira, 23 de Setembro de 2014

Kate Hudson e Goldie Hawn "vêem" pessoas mortas


«A célebre frase do filme O Sexto Sentido, "vejo pessoas mortas", poderia aplicar-se às atrizes Kate Hudson e Goldie Hawn, mãe e filha. Na semana passada, Kate foi convidada do talkshow britânico Allan Carr: Chatty Man, onde falou da sua crença de que existe vida depois da morte e sobre os seus aparentes dons [de médium].

"Eu e a minha mãe vemos mortos. Não será bem 'ver', é mais sentir um espírito, a quinta energia. Acredito na energia mental e que os nossos cérebros conseguem manifestar-se através de representações visuais."

A atriz de 35 anos, [protagonista de] filmes como Quase Famosos ou [...] Como Perder um Homem em 10 Dias, partilhou a história de um encontro em que diz ter visto o fantasma de uma mulher sem cara. "Foi muito assustador." E ainda deixou uma dica para quem tiver que lidar com encontros deste tipo: "Quando vemos algo, devemos dizer a essa forma de energia em que ano estamos e que ela não pertence ali."»

Via Activa.

Chinês aluga a namorada para comprar iPhone 6


Wei Chu, um chinês de 25 anos, disponibilizou a namorada, Xiao Ai, de 21, para aluguer através da Weibo, uma popular rede social da China. O objectivo? Obter dinheiro suficiente para comprar um iPhone 6.

Xiao Ai pode ser alugada em várias modalidades: cerca de 1,27 euros por hora, 6,37 euros por dia e 63,67 euros por mês. Wei Chu avisa, contudo, que não quer «brincadeiras» com a sua namorada e que a mesma deverá apenas ser «usada» para jantares, guardar lugares ou sessões de estudo.

Wei Chu chegou mesmo a publicitar este negócio (da China) à entrada da sua universidade e garante que a namorada está perfeitamente dentro do «esquema».

Futebolista do Roma multado por festejar golo com a avó


«O vídeo correu a Europa pelo insólito que significa: o médio Florenzi, da Roma, celebrou um golo apontado no fim de semana com um abraço à avó, que se encontrava na bancada.

Ora por isso o jogador viu o cartão amarelo e vai ter agora de pagar uma multa ao clube: faz parte dos regulamentos da Roma.

"A forma como ele comemorou foi emocionante. Vai pagar uma multa por causa do cartão amarelo, mas acho que ele acredita que valeu a pena", referiu o treinador Rudi Garcia.

Já Florenzi garantiu que se tratou de um festejo instintivo. "A minha avó tem 82 anos e nunca esteve num estádio. Depois ter jogado pela seleção, ela disse-me que iria ao estádio e que eu iria fazer um golo. A minha família deu-me esta paixão pelo futebol, e eu só quero compartilhar a minha alegria com todos eles", referiu.»



Via Mais Futebol.

Alabardas (José Saramago)


Alabardas
Por: José Saramago
Edição: Porto Editora
Páginas: 136
PVP: 15,50 €
Compre aqui

O romance inédito de José Saramago, Alabardas, Alabardas, Espingardas, Espingardas, que anunciámos aqui, é publicado hoje pela Porto Editora, embora com o reduzido título de Alabardas.

Este livro inacabado, protagonizado por Artur Paz Semedo, é uma reflexão sobre a violência que põe em relevo a fragilidade humana e social face às atrocidades da guerra. Para a edição portuguesa, contribuíram as ilustrações de um outro Nobel da Literatura, Günter Grass, e textos de Fernando Gómez Aguilera e Roberto Saviano.

De acrescentar que a apresentação mundial de Alabardas terá lugar na Sala Garrett do Teatro Nacional D. Maria II, no dia 2 de Outubro, às 18h30. Com a participação de António Sampaio da Nóvoa, Baltasar Garzón e Roberto Saviano, a sessão será moderada por Anabela Mota Ribeiro.

Confira abaixo a sinopse de Alabardas:
Aquando do seu falecimento, em 2010, José Saramago deixou escritas trinta páginas daquele que seria o seu próximo romance; trinta páginas onde estava já esboçado o fio argumental, perfilados os dois protagonistas e, sobretudo, colocadas as perguntas que interessavam à sua permanente e comprometida vocação de agitar consciências.

Saramago escreve a história de Artur Paz Semedo, um homem fascinado por peças de artilharia, empregado numa fábrica de armamento, que leva a cabo uma investigação na sua própria empresa, incitado pela ex-mulher, uma mulher com carácter, pacifista e inteligente. A evolução do pensamento do protagonista permite-nos refletir sobre o lado mais sujo da política internacional, um mundo de interesses ocultos que subjaz à maior parte dos conflitos bélicos do século xx.

Dois outros textos - de Fernando Gómez Aguilera e Roberto Saviano - situam e comentam as últimas palavras do Prémio Nobel português, cuja força as ilustrações de um outro Nobel, Günter Grass, sublinham.

segunda-feira, 22 de Setembro de 2014

Daniela Duarte (Secret Story 5) na Penthouse Portugal: Fotos


Daniela Duarte, concorrente da quinta edição de Secret Story - A Casa dos Segredos, na qual partilha o segredo «Somos um falso casal lésbico» com Elisabete, posou nua para a edição de Novembro de 2011 da extinta versão portuguesa da revista masculina Penthouse.

Daniela fez-se acompanhar, no ensaio fotográfico, por Cátia Tavares, Mónica Costa e Lilyam Tovim, num trabalho especial para comemorar o primeiro aniversário da ousada publicação.

Não é, de todo, a primeira vez que uma concorrente de Secret Story - A Casa dos Segredos posa nua. Na primeira edição, houve Doriana Sousa e Daniela Martins; na segunda, Daniela Pimenta e Susana Fialho; na terceira, Alexandra Ferreira; e, na quarta, Érica Silva, Sofia Sousa, Yana Protasova e Rute Freitas, isto sem contar com as concorrentes que apenas se despiram depois de passar pela casa, como Nádia Carrasco.

Segundo o sítio oficial da TVI, Daniela Duarte «tem 23 anos e vem de Olhão. É professora de dança e estuda gestão na Universidade do Algarve. Para além da dança, tem como rotina nadar uma hora por dia. Adora ver séries. Descreve-se como determinada e manipuladora. Se fosse um animal gostaria de ser um gato, pois são donos do seu nariz e só fazem o que querem. Quer entrar na Casa para jogar e ganhar».

Confira abaixo as fotos de Daniela Duarte para a extinta Penthouse Portugal.

Hackers divulgam mais fotos roubadas de celebridades


«Os ataques à privacidade das celebridades parecem estar longe de ter um fim. Depois de, no início do mês, imagens íntimas de mais de 100 atrizes terem sido reveladas por um hacker, este fim-de-semana foram divulgadas novas fotografias privadas de várias figuras públicas. Entre as visadas encontram-se Kim Kardashian, Vanessa Hudgens, Aubrey Plaza, Mary-Kate Olsen e, mais uma vez, Jennifer Lawrence, que já tinha sido um dos alvos do primeiro ataque.

As imagens foram divulgadas nos fóruns 4chan e Reddit, mas, apesar de terem sido removidas pelos sites, depressa chegaram a outras redes sociais como o Twitter.

O porta-voz de Kim Kardashian recusou comentar o incidente e, até agora, nenhuma das estrelas em causa se manifestou publicamente.

Recorde-se que o primeiro ataque, que ficou conhecido como "The Fappening", foi notícia um pouco por todo o mundo e motivou a revolta de várias personalidades, como Lena Dunham ou Emma Watson, que saíram em defesa das companheiras visadas.

Os primeiros indícios apontavam para que o hacker tivesse obtido as imagens através das contas iCloud das celebridades, mas a Apple garantiu, em comunicado, que "nenhuma das invasões dos casos investigados resultou da quebra de segurança do sistema operativo, onde está incluído o iCloud". A empresa fundada por Steve Jobs concluíu que o ataque foi obtido através das passwords e perguntas de segurança dos utilizadores.»

Via TVI 24.

Ex-t.A.T.u. divididas quanto a homossexualidade



Yulia Volkova, uma das vocalistas da extinta banda russa t.A.T.u., surpreendeu ao afirmar, numa entrevista recente a um canal de televisão do seu país, que não quer um filho homossexual. De recordar que as t.A.T.u. alcançaram fama internacional em 2003, após o lançamento do single «All the Things She Said», que exibia Volkova e a companheira e amiga de infância, Lena Katina, a beijar-se, vestidas de colegiais.

Mais: as cantoras, que foram, na altura, rotuladas de lésbicas, chegaram a ganhar o estatuto de ícones gay, e a própria Volkova nunca escondeu a sua bissexualidade, embora tenha também confessado, numa entrevista à Playboy, para a qual posou em Junho (fotos aqui), que nunca teve uma relação amorosa com Katina.

Agora, Volkova, que permaneceu na Rússia quando Katina a abandonou para ir morar para os Estados Unidos, afirmou algo bastante contrário ao que sempre demonstrou acreditar: «Acredito que os verdadeiros homens têm de ser homens de verdade. Deus criou o homem para procriar, está na sua natureza. Não aceitaria um filho gay. [...] Eu acho que [a homossexualidade] é uma má liberdade para os homens. Hoje em dia, há muitas raparigas frívolas (e um homem pode "comer" grande parte dessas raparigas). Essa é a liberdade dos homens. E um homem não tem direito a ser gay. Duas raparigas juntas não é a mesma coisa do que dois homens juntos. Acho que as lésbicas são esteticamente mais bonitas do que dois homens a dar a mão ou a beijarem-se».

Lena Katina, por outro lado, já se veio demarcar da posição da ex-colega: «Deus está a ensinar-nos a viver com amor, a ser tolerante e a não julgar as pessoas, e eu faço isso. Amor é amor e é um sentimento óptimo. Acho que toda a gente deve ter a liberdade de amar quem quer e estar com a pessoa com quem quer passar o resto da vida».

Alicia Keys nua e grávida em campanha #WeAreHere


«Alicia Keys posou nua para foto com o símbolo da paz desenhado na sua barriga de grávida. A cantora divulgou a imagem em prol [da campanha de caridade] #WeAreHere, ou Nós Estamos Aqui em tradução livre, [que] visa incentivar as pessoas a fazer a diferença no mundo.

Aos 33 anos, Alicia espera o segundo filho com o marido, Swizz Beatz. A criança deve nascer em dezembro.»

Via Lux.

Alexandre Dale vence Prémio Literário Cidade de Almada 2014



«Alexandre Dale é o vencedor do Prémio Literário Cidade de Almada 2014, com o romance original Tsunami – Como é que eu vim aqui parar?. O galardão foi atribuído no dia 18 de setembro, no Fórum Municipal Romeu Correia – Sala Pablo Neruda.

Alexandre Dale (Lisboa, 1961) é escritor, poeta, músico, compositor e cantor. O autor já havia sido distinguido, em 2002, pelo Prémio Literário Cidade de Almada, com o romance O Ouro.

Em 2014, estiveram a concurso 61 obras literárias originais. O romance foi distinguido pelo júri constituído por Serafina Maria Grazina Martins, em representação da Câmara Municipal de Almada, José Correia Tavares, em representação da Associação Portuguesa de Escritores, e José do Carmo Francisco, em representação da Associação Portuguesa dos Críticos Literários.

Instituído pela Câmara Municipal de Almada em 1989, o Prémio Literário Cidade de Almada é considerado uma referência nacional na área da literatura e na promoção da criação literária em língua portuguesa. Ao vencedor da edição 2014 será atribuído um prémio pecuniário no valor de cinco mil euros.»

Confira abaixo a sinopse do romance vencedor:

Tsunami – Como é que eu vim aqui parar? é um romance estático, onde praticamente não existe acção; na verdade, tudo o que se passa acontece numa esplanada, no tempo de alguém beber alguns cafés e alguns whiskies. Este (não) acontecimento constitui o ponto principal do enredo, mas a contagem das bebidas é complicada.

A personagem principal, um homem ainda novo, pensa – e o leitor assiste ao desenrolar de um monólogo interior em que se deixa "ir o pensamento para onde lhe apetecer". Não há um enredo, na sua forma convencional; substitui esse enredo a composição de um homem fracassado (especialmente como escritor) e que, de maneira muito bela, nos revela a sua multifacetada autodesilusão.


Via CMA.

O Segredo dos Tudor (C. W. Gortner)


O Segredo dos Tudor
Por: C. W. Gortner
Edição: Topseller
Título Original: The Tudor Secret
Páginas: 352
PVP: 20,99 €
Compre aqui

Depois de O Juramento da Rainha, um romance histórico sobre Isabel, a Católica, C. W. Gortner regressa com um novo romance, dedicado à Casa de Tudor.

Confira abaixo a sinopse de O Segredo dos Tudor:
No verão de 1553, Brendan Prescott é chamado à corte inglesa dos Tudor para se tornar escudeiro de Robert Dudley. Na mesma noite em que chega à corte, Lorde Robert encarrega-o de entregar secretamente um anel à princesa Isabel.

Frente a frente com a emblemática princesa, e depois de ela se recusar a aceitar a joia, o jovem escudeiro percebe que se encontra no meio de uma trama de conspirações e mentiras. Os Dudley planeiam uma traição mortal contra o rei Eduardo VI e as suas duas irmãs Maria e Isabel com um único fim: chegar ao trono.

Destemido e convicto de que o que vai fazer é o melhor para Inglaterra, Brendan Prescott alia-se a Isabel e aos seus protetores. Torna-se assim um agente duplo em defesa da coroa, contra a ambição desmedida dos Dudley. Num enredo misterioso envolto em intrigas, perseguições, assassínios e corrupção, Prescott acaba por descobrir também as suas verdadeiras origens e a sua própria história. Uma história que esconde um segredo muito mais perigoso e mortal do que ele alguma vez poderia imaginar.

domingo, 21 de Setembro de 2014

Jornalista Amanda Goff admite em directo que é prostituta


«A jornalista Amanda Goff, de 40 anos, surpreendeu a Austrália ao revelar que se tornou prostituta, durante o programa Sunday Night, na semana passada. A bem sucedida profissional que vive em Sidney, especializada em beleza e celebridades, disse que decidiu tentar a sorte na nova profissão desde que visitou um bordel de luxo em 2012, durante a sua hora de almoço.

"Sou uma mulher de negócios, vendo o meu tempo e sexo. Sexo é um negócio, e um grande negócio", disse Amanda ao Sunday Night.

Amanda tem 20 anos de carreira como jornalista e diz que a nova profissão não anula a antiga. Contou que, após o seu divórcio, saiu com alguns homens e teve experiências desagradáveis e decidiu: "Ninguém mais vai tirar vantagem de mim".

A prostituta de luxo atende como Samantha X e cobra 800 dólares por hora, ou 5.000 dólares por uma noite inteira. Em paralelo, lançou o livro Hooked, by Samantha X (um trocadilho com as palavras "prostituta" e "vício", em inglês), e mantém um site onde escreve dicas sobre sexualidade e divulga material promocional dos seus serviços.

Amanda diz que, por 5.000 dólares, oferece o seu tempo e intimidade ao cliente, e que o seu trabalho é fazer com que eles se sintam desejados.

Ao Daily Mail Australia, o ex-marido da jornalista, o banqueiro David Basha, disse que a revelação foi uma "desgraça". "Tive que explicar aos meus filhos o que está a acontecer", disse.»


Via Diário Digital.

sábado, 20 de Setembro de 2014

Fernanda Serrano é a quarentona mais sexy de Portugal



«Halle Berry, Gwyneth Paltrow, Julia Roberts e Jennifer Lopez são algumas das mulheres mais charmosas do mundo, mas os leitores da Lux elegeram Fernanda Serrano como a Quarentona Mais Sexy, numa sondagem levada a cabo pelo site da revista.

A atriz, que integra o elenco da telenovela Mulheres, da TVI, reuniu 24,88% dos votos.

As portuguesas Catarina Furtado, Bárbara Guimarães, Alexandra Lencastre e Dalila Carmo também estavam em votação.»

Via Lux.

sexta-feira, 19 de Setembro de 2014

Bar Refaeli causa polémica com novo anúncio publicitário


A mais recente campanha publicitária de óculos da marca Carolina Lemke tem gerado uma enorme polémica em Israel, em grande parte devido ao arrojado anúncio protagonizado por Bar Refaeli.

«Segundo avança o jornal Yediot Aharonot, esta campanha motivou uma onda de queixas por parte do telespectadores do Canal 2 da televisão israelita. Uma parte das queixas visou a dança sensual que Bar Refaeli protagoniza que, segundo os queixosos, fomentam a ideia da mulher como objeto sexual. Outra parte vinca que o anúncio ridiculariza com as mulheres com peso a mais.

"É decepcionante e insultuoso que uma mulher como Bar Refaeli, que tem muita influência nos comportamentos do público, tenha participado numa campanha que continua a perpetuar imagens pouco abonatórias para as mulheres", sustentou Galia Wolloch, diretora da associação sindical das mulheres.

Ainda segundo o mesmo jornal o comentário mais vezes repetido foi: "Nem todas temos o tamanho de Refaeli, mas não é por isso que somos piores". O anúncio tem sido fonte de discussão em fóruns de debate, rádios e jornais israelitas.»



Via Diário de Notícias.

Americano assalta loja munido de banana


«Um homem usou uma banana para assaltar uma loja de conveniência na Filadélfia, EUA, na passada terça-feira.

O departamento da polícia de Filadélfia divulgou um vídeo com imagens de câmaras de vigilância, onde se vê um homem afro-americano a chegar a uma loja de conveniência de bicicleta. Depois de o indivíduo entrar no estabelecimento, foi para a fila de espera, mas optou por roubar uma banana, que colocou no bolso para fingir ser uma arma. Nesse momento, assaltou o lojista.

Em declarações citadas pelo The Telegraph, a polícia diz que o homem ameaçou o comerciante para este lhe entregar dinheiro e tabaco.

Esta não é a primeira vez que uma banana é utilizada como "arma" para ato ilícito na Filadélfia. Há quatro anos, um homem de 52 anos utilizou o mesmo fruto para tentar assaltar um banco.»



Via TVI 24.

No Limiar da Eternidade (Ken Follett)


No Limiar da Eternidade
Por: Ken Follett
Edição: Editorial Presença
Título Original: Edge of Eternity
Tradução: Helena Sobral e Isabel Nunes
Páginas: 1024
PVP: 29,99 €
Compre aqui

Depois de A Queda dos Gigantes e O Inverno do Mundo, chega às livrarias o muito aguardado último volume da trilogia «O Século», de Ken Follett.

Confira abaixo a sinopse de No Limiar da Eternidade:
Enquanto as decisões tomadas nos corredores do poder ameaçam extremar os antagonismos e originar uma guerra nuclear, as cinco famílias de diferentes nacionalidades que têm estado no centro desta trilogia O Século voltam a entrecruzar-se numa inesquecível narrativa de paixões e conflitos durante a Guerra Fria.

Quando Rebecca Hoffmann, uma professora que vive na Alemanha de Leste, descobre que anda a ser seguida pela polícia secreta, conclui que toda a sua vida é uma mentira. O seu irmão mais novo, Walli, entretanto, anseia por conseguir transpor o Muro de Berlim e ir para Londres, uma cidade onde uma nova vaga de bandas musicais está a contagiar as novas gerações. Nos Estados Unidos, Georges Jakes, um jovem advogado da administração Kennedy, é um ativo defensor do movimento dos Direitos Civis, tal como a jovem por quem está apaixonado, Verena, que colabora com Martin Luther King. Juntos partem de Washington num autocarro em direção ao Sul, numa arriscada viagem de protesto contra a discriminação racial. Na Rússia, a ativista Tania Dvornik escapa milagrosamente à prisão por distribuir um jornal ilegal. Enquanto estas arriscadas ações decorrem, o irmão, Dimka Dvornik, torna-se uma figura em ascensão no seio do Partido Comunista, no Kremlin.

Nesta saga empolgante que agora se conclui, Ken Follett conduz-nos, em No Limiar da Eternidade, através de um mundo que pensávamos conhecer, mas que agora nunca mais nos parecerá o mesmo.

Sorriso amarelo valeu novo papel a Ben Affleck


«Gone Girl [Em Parte Incerta] estreia em Portugal a 2 de outubro e a campanha de promoção está em marcha. O seu realizador, David Fincher, tem dado várias entrevistas que voltam a destacar a sua lendária honestidade. Numa prolongada conversa com a revista Playboy, Fincher desvendou como escolheu Ben Affleck para o papel de Nick Dunne, o homem suspeito de assassinar a sua esposa, que está desaparecida. E muito passou por uma pesquisa na internet.

"Nos filmes, escolhemos actores baseando-nos em cenas críticas", explicou. "No caso de Em Parte Incerta, existe um sorriso que o indivíduo tem de dar quando a imprensa local lhe pede para se colocar ao pé do cartaz da sua esposa desaparecida. Pesquisei imagens nos motores de busca e descobri cerca de 50 imagens com Affleck a dar aquele tipo de sorriso em momentos públicos. Olhamos para elas e sabemos que ele está a tentar que as pessoas se sintam confortáveis naquele instante, mas ao fazê-lo, ele está a colocar-se a si mesmo numa posição vulnerável para que as pessoas tenham outras perceções sobre ele."

Os apreciadores do livro de Gillian Flynn, disponível em Portugal pela Bertrand Editora, reconhecerão o momento a que se refere David Fincher [...].

Questionado sobre a sua reputação de ser um realizador duro e exigente, nomeadamente exigindo inúmeras tomadas da mesma cena, a resposta foi lapidar: "Se não recebeu carinho suficiente quando era criança, não vai encontrar aquilo que procura do meu lado. Não é a minha área e não estou em sintonia com ela".»

Via Sapo.

Facebook recusou Chase Nahooikaikakeolamauloaokalani Silva


«Uma coisa é achar o seu nome feio ou grande demais. Outra é chamar-se Chase Nahooikaikakeolamauloaokalani Silva. Nem o Facebook conseguiu lidar com um apelido deste tamanho…

A rede social decidiu bloquear a conta de Chase por suspeitar que este estava a usar um nome falso no seu perfil. No entanto, o seu apelido de 29 letras existe.

“Este é o meu nome”, escreveu Chase num post no Facebook, pouco depois de ter recebido o alerta por parte da administração da rede social. “Tenho orgulho em ser havaiano e quero ter a liberdade de poder usar o meu nome”.

Nahooikaikakeolamauloaokalani acabou por encurtar o seu nome no Facebook, passando a chamar-se Chase N Silva.

O Facebook já tinha usado esta política com vários membros da comunidade lésbica, gay, bissexual e transgénica (LGBT), que se identificam na rede social com nomes falsos. Após vários associados deste grupo terem ameaçado manifestar-se à porta da sede do Facebook, a administração do site concordou em discutir o assunto com os mesmos.

Chase, também ele homossexual, não tenciona contactar o Facebook e fazer queixa sobre o assunto, mas tem um posição bastante vincada quanto a esta "perseguição" aos nomes falsos: “Para além da comunidade LGBT, existem vítimas de abuso sexual, de violação, até professores, que usam nomes falsos porque não querem ser contactados por outros. Funciona como uma protecção da sua identidade”, disse ao Huffington Post

Via Sol.

Os Inocentes (Taylor Stevens)


Os Inocentes
Por: Taylor Stevens
Edição: Topseller
Título Original: The Innocent
Páginas: 352
PVP: 19,99 €
Compre aqui

Depois de A Informacionista, chega às livrarias portuguesas o segundo volume da série «Vanessa Michael Munroe».

Confira abaixo a sinopse de Os Inocentes:
Vanessa «Michael» Munroe trabalha com informação. Após fugir a uma infância traumática, a sua aprendizagem e o seu treino permitem-lhe obter todo o tipo de informações, independentemente do cenário ou do país onde se encontre. Por isso, é agora contratada por empresas, instituições ou privados que pagam os seus serviços únicos no mundo.

Destacada para uma missão de alto risco, Vanessa tem de resgatar Hannah, uma rapariga de treze anos, da sua reclusão no seio de uma fanática comunidade religiosa conhecida como «Os Eleitos».

O processo de libertação de Hannah vai resultar em situações complexas e perigosas, mas, com a ajuda do especialista em segurança Miles Bradford, vai também permitir uma nova vida para esta heroína intrigante e com um passado devastador. O lado mais violento e instintivo de Vanessa irá revelar-se em nome da justiça: matar pode não ser necessariamente mau, se houver inocentes envolvidos.

quinta-feira, 18 de Setembro de 2014

Campeã espanhola Jadilla Rahmouni despida na Interviú


Ela é campeã espanhola. Mas é mais conhecida pelo aspecto. Jadilla Rahmouni tem 27 anos, nasceu em Marrocos, mas vive entre Madrid e Ibiza desde adolescente. Em 2014, brilhou e fez o melhor tempo dos 800 metros no Campeonato Espanhol de Atletismo. Agora, surpreende a Espanha ao tirar a roupa (mantendo, contudo, a medalha conquistada este ano) para um sensual ensaio fotográfico para a revista Interviú.

Em entrevista concedida à publicação, Rahmouni aborda alguns dos problemas que vive na sua modalidade: «Com o atletismo, dá apenas para viver mal. Por culpa dos salários baixos, muitos atletas de elite deixam o desporto e vão trabalhar em outras áreas para ganhar dinheiro».

E continua: «Fala-se mais de qualquer facto relacionado ao futebol do que dos triunfos dos nossos outros desportistas aqui na Espanha. Se um atleta é campeão europeu ou mundial, é muito difícil vê-lo nas capas dos jornais no dia seguinte. Isto é vergonhoso».

Jadilla Rahmouni, que tem duas medalhas de ouro nacionais no seu peito, participou no Campeonato Europeu pela primeira vez na carreira há alguns meses, mas não lhe correu bem. A campeã espanhola decepcionou e culpou o nervosismo por «estar a fazer a estreia em torneios continentais». Enquanto isso, vai atraindo os holofotes europeus graças à sua beleza.

Adaptado de Terra.

Chinesa indemnizada por perder virgindade com mentiroso



Uma chinesa, identificada apenas como Chen, foi indemnizada em cerca de 3800 euros pelo homem com o qual perdeu a virgindade. Foi este o resultado de um processo no qual Chen acusou o parceiro de a ter enganado, prometendo-lhe casamento a fim de a levar para a cama quando já era, na verdade, casado.

Chen conheceu o referido parceiro através da Internet, em 2009, tendo iniciado um relacionamento com ele quatro anos depois. Motivada, então, por promessas de união matrimonial, Chen decidiu perder a virgindade com ele, mas cedo o viu desaparecer e, quando o voltou a encontrar, descobriu que ele já era casado,

Chen decidiu então processá-lo, pedindo em tribunal uma indemnização de mais de 100 mil euros. O juiz considerou o valor excessivo, mas condenou o homem a pagar cerca de 3800 euros por «falsas promessas», justificando a decisão com o facto de que «violar o direito à virgindade pode causar danos ao corpo, à saúde, à liberdade e à reputação da pessoa, e deve ser compensado». O ex-namorado de Chen já anunciou que recorrerá da decisão.

Herdeiros do Ódio (V. C. Andrews)


Herdeiros do Ódio
Por: V. C. Andrews
Edição: Quinta Essência
Título Original: Flowers in the Attic
Páginas: 400
PVP: 15,50 €
Compre aqui

Considerado por muitos um dos livros mais perturbantes de sempre, Herdeiros do Ódio, vagamente inspirado na história real dos príncipes Edward e Richard (também conhecidos como Príncipes da Torre), chega agora às livrarias nacionais com edição da Quinta Essência.

Confira abaixo a sinopse de Herdeiros do Ódio:
Os quatro filhos da família Dollanganger levavam vidas perfeitas - uma bela mãe, um pai amoroso e dedicado, uma linda casa. De repente, o pai morre num acidente de viação e a mãe fica endividada e não possui qualificações para ganhar a vida e sustentar a família. Assim, decide escrever aos pais – os seus pais milionários, dos quais as crianças nunca tinham ouvido falar.

A mãe fala-lhes dos avós ricos, de como Chris, Cathy e os gémeos irão levar vidas de príncipes e princesas na luxuosa mansão dos avós. As crianças deleitam-se com as perspetivas da nova vida, até descobrirem que existem algumas coisas que a mãe nunca lhes contou.

Nunca lhes contou que eram consideradas pelos avós «filhos do demónio» e que nunca deviam ter nascido. Não lhes conta que é obrigada a ocultá-las do avô porque deseja herdar a fortuna dele. Não lhes conta que devem permanecer trancadas numa ala isolada da casa, tendo apenas o sótão escuro e abafado onde brincar.

Prometeu-lhes, porém, que seriam apenas alguns dias... Contudo, os dias transformaram-se em meses, os meses em anos. Desesperadamente isolados, aterrorizados pela avó, Chris e Cathy tornam-se tudo um para o outro e para os gémeos. Agarram-se ao amor mútuo como última esperança, única força sólida - uma força quase mais poderosa que a morte.